Conhecimento e Sorte

IMG_6776

E é então que você em um supermercado, um empório, um restaurante, em uma viagem … se depara com enormes prateleiras de vinhos, paredes inteiras, dezenas, centenas de garrafas, cores, países… valores.

O que fazer ? Os olhos passeiam, voltam, se perdem. Diante de tantas opções começam a enxergar rótulos, os mais bonitos, os nomes engraçados ou difíceis de ler, percebemos que na maioria estão separados por países, e mais do que isso, países que pertencem ao “velho ou novo mundo”…

Pensamos nessa busca em um local que gostamos, uau! Um vinho Francês deve ser ótimo, talvez um Italiano, Chilenos, Argentinos…… e bem por último vem o Brasil! Ôhôh !

Após esse passeio com o olhar atento, começamos… Lindo esse? De que país? Qual o valor ? (expressão de susto).

Quando procuramos um vinho para qualquer ocasião, só é necessário alegria, pensar em compartilhar, saber quanto podemos gastar, e um conhecimento básico… receitinha de sucesso e economia não só nos valores, mas no tempo gasto tentando escolher uma garrafa de vinho e dentro dela momentos inesquecíveis, alegria, amores, família, ou apenas um bom livro.

Vamos começar tentar esclarecer e tornar essa missão tão saborosa quanto o néctar que procuramos.

TIPOS DE VINHO E SUAS CORES

roda das cores

É na cor, já na taça que você vai identificar

TINTOS

São os queridinhos da maioria, cores que vão do vermelho ao rubi intenso e púrpura,  devem estar brilhantes, límpidas, a análise vai se completar com os aromas, que sempre devem ser agradáveis, qualquer incômodo como uma rolha com cheiro de bolor, vinagre, cheiro animal, enxofre. Normalmente as cores acompanham o defeito, estarão mais opacas.

BRANCOS

Produzido a partir de uvas brancas ou até tintas(sem suas cascas), os tons vão do suave amarelo pálido, os tons de palha, até o âmbar. O comparativo visual são os mesmo do tinto, mais transparentes e mais brilhantes.

ROSÉS

Produzidos com uvas brancas e tintas (essas com as cascas, com tempo controlado de contato na fermentação) para atingir o tom desejado pelo produtor. Podem  apresentar rosa claro, salmão, rosa mais escuro e tons intermediários.

ESPUMANTES

Podem ser de tons variados de acordo com as uvas utilizadas e processo de fabricação.

Nomes usados corretamente :

  • Champagne (apenas na região nordeste da França em Épernay) 2)
  • Cremant (Produzido na França fora da região de Champagne) ou seja :  Alsacia, Borgonha, Loire, Limoux, du Jura, Bourdeaux, de Die.3)
  • Clássico (Franciacorta, Oltrepo e Trento na Itália) Franciacorta significa “Corte à Francesa” produção limitada. Diferentes cortes de uvas nomeiam esse espumante elegante, com potencial de guarda.
  •  Prosecco (originalmente italiano tradicional do Vêneto) aqui é obrigatório usar 85% da uva Glera.
  • Cava (Espanhol e o mais consumido no mundo)
  • Sekt (Alemanha que está entre os países que mais consomem espumantes no mundo). Para se aventurar no mundo dos SEKTS sem saber alemão é bom ter uma colinha nas mãos…

“Deutscher Sekt”(100% das uvas de vinhedos alemães)

“Sekt” b.A ou Qualitätsschaumwein b.A” (mínimo 85% das uvas vem de uma determinada região da Alemanha.

“Winzersekt ou Premium Sekt b.A” (100%das uvas produzidas em vinhedos próprios, obrigatório o método tradicional)

“Riesling Sekt (Variedade da uva Riesling é de no mínimo 85%)

“Spätburgunder” (produzido com a uva Pinot Noir)

“Weissherbst” (é um sekt rosé ou tinto)

  • Moscatel (vinho Spumante gaseificado, produzido pelo método asti a partir da uva moscato) A palavra ASTI somente pode ser usada em vinhos espumantes com denominação de origem controlada e garantida.
  • Espumante (os brasileiros são muito bem representados pelas uvas Moscato Branco, Moscato Itália e o Moscato Giallo, é no Rio Grande do Sul que se encontram os melhores moscatéis, aromáticos, acidez natural da uva. Em Farroupilha temos o Festival do Moscatel, comemorando a produção de mais de 50% dessa uva no país.
  • No Vale do São Francisco estão produzindo ótimos vinhos, são agradáveis e preços justos.

Temos muito para conversar nesse imenso mundo do vinho, aos poucos, fica automático, o prazer é reconhecidamente saber degustar com calma, observando, como se as páginas de um livro colocasse o mundo a nossa frente, lembrando de aromas, cores, sabores.

A SORTE ? Ela é resultado do conhecimento aliado a oportunidade ! Está garantida.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s